Bressanone Brixen | Para onde?

Duplamente encantadora

with Nenhum comentário

paraonde.blog_p1150917

 

Com mais de 1000 anos de história, Brixen é terceira maior cidade da região do Alto Adige ou Tirol do Sul e a mais antiga (fundada em 13/setembro/901). Por ser bem central (no centro do Vale Eisack), é um ótimo ponto de partida para se explorar as Dolomitas, Val Gardena e a região do Trentino dentre outros lugares.

A cidade é um encanto, com seu centro histórico medieval de ruas estreitas, apenas para pedestres, muitas arcadas, bons restaurantes e um bom comércio, além do seu lado cultural, com museus e eventos.

No lema da cidade, a sua dualidade: duplo fascínio, cidade e montanha; na cultura, o antigo e o novo; na gastronomia, a cultura italiana e a tradição austríaca; um turismo duplamente estimulante, verão e inverno; e duplamente abençoada, com 300 dias de sol por ano.

Confesso que, ao começar a programar a viagem, não me dei conta de que Brixen possuía dois nomes: um em alemão e outro em italiano, Bressanone. E foi uma confusão só para comprar o bilhete de trem que me levaria até lá e fazer a reserva do hotel. Até que “caiu a ficha”: tudo aparece nos dois idiomas e, apesar de fisicamente estarmos na Itália, é o alemão que predomina. Algumas pessoas sequer falam italiano. Mas, se você pretende ir pra lá e não domina nenhum desses idiomas, não se preocupe; se você falar inglês, não terá problema de comunicação.

Fiquei na região por cinco dias e acabou sendo pouco tempo. Acho que o ideal seria uns oito, principalmente para quem gosta de trilhas pois há muito o que explorar pelas redondezas. 

O QUE VER

Centro histórico
with Nenhum comentário

Chegando à cidade de trem, ao sair da estação vá para a sua esquerda. Continue sempre reto. A rua se chama, Viale Stazione. Você vai passar por um balão (rotatória), vai ver uma saída para a estrada e em 9 … leia mais

Piazza Duomo
with Nenhum comentário

Uma grande praça onde se destaca o Duomo, a catedral  de Bressanone/Brixen. Construída por volta do ano 980 d.C., tomou seu aspecto atual por volta de 1200, depois de ter sofrido dois incêndios. Trata-se de uma das igrejas mais interessantes da … leia mais

Comentários