Uma cidade em forma de palácio

with Nenhum comentário

Vista da cidade

Mantova (ou Mântua) é, segundo Baldassarre Castiglioni (humanista e literato, representativo do renascimento italiano) “uma cidade em forma de Palácio”.

A cidade limita-se, em três lados, por lagos formados pelo rio Mincio.

Nos séculos XV e XVI, foi um dos principais centros intelectuais e artísticos da região. É terra natal de Virgílio, foi o refúgio do personagem Romeu, de Shakespeare, e cenário para a ópera Rigoletto, de Verdi.

Capital italiana da cultura em 2016, Mantova é Patrimônio da Humanidade, pois "oferece testemunhos excepcionais para a percepção urbana, arquitetônica e artística do Renascimento, ligados às visões e ações da família Gonzaga." (UNESCO)

O QUE VER

  • Cattedrale di San Pietro - Duomo di Mantova: chamada apenas de Duomo, é a Paróquia de São Pedro Apóstolo
  • Palácio Ducal: aqui morou a família Gonzaga. Com cerca de 500 quartos foi, por muito tempo, o maior palácio da Europa. Atualmente é um museu. Trata-se de um grupo de edifícios incluindo o Palazzo del Capitano e Magna Domus, 15 jardins e pátios, um castelo, uma basílica dedicada a Santa Bárbara, um teatro, o Domus Nova, um museu, um edifício do governo e os apartamentos do príncipe. Diz-se que é quase que uma cidade dentro de um palácio. Infelizmente não pude visitá-lo.
  • Rotonda di San Lorenzo (1046-1115): igreja cujo layout lembra a Igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém;

E possível, dependendo da estação, fazer um passeio de barco pelo rio Mantova. Veja detalhes em Naviandes e Motovani Andes Negrini.

 

 


LINKS

MANTOVA.COM  

Comentários